quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Operação Candeeiro: Ex-diretor do Idema/RN está detido no Quartel Geral da PM em Natal


Foto: Reprodução
O advogado e ex-diretor administrativo do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do RN (Idema/RN), Gutson Johnson Giovany Reinaldo Bezerra, acusado pelo Ministério Público do RN de ser o mentor do esquema que desviou R$ 19,3 milhões do Idema em menos de dois anos, está detido no Quartel do Comando Geral da Polícia Militar, no bairro Tirol, em Natal.
A matéria é do repórter Ricardo Araújo, veiculada nesta quinta (03) pelo site do jornal Tribuna do Norte.
Segundo informações repassadas ao jornal por uma fonte que acompanhou o desenrolar da Operação Candeeiro, o ex-diretor administrativo permaneceu calado enquanto os promotores de Defesa Patrimônio Público o faziam perguntas ontem após a prisão temporária decretada pela Justiça.
Gutson Reinaldo, que é filho da ex-procuradora geral da Assembleia Legislativa do RN, Rita das Mercês Reinaldo, presa há 15 dias numa outra operação, a Dama de Espadas, está num local distinto do ocupado pelo ex-governador Fernando Freire, também custodiado no Quartel do Comando Geral.
Como está numa Sala de Estado Maior, que é uma espécie de detenção destinada aos portadores de carteira da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Gutson Reinaldo tem regalias como o recebimento de visitas sem dias específicos e alimentação encaminhada por parentes.
Os demais presos – Renato Bezerra de Medeiros, Clebson José Bezerril e João Eduardo de Oliveira Soares – chegaram no fim da tarde de quarta (02), após prestarem depoimento aos promotores do Patrimônio Público e do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaecco), ao Centro de Detenção Provisória (CDP) do bairro da Ribeira, na zona Leste de Natal.
Após se entregar à Justiça também no fim da tarde de quarta-feira, o empresário Antônio Tavares Neto deu entrada na unidade prisional por volta das 20h.
fonte do blog de deusdeth mauricio