terça-feira, 24 de novembro de 2015

Ufersa doa poço para comuniade de Alagoinha, zona rural de Mossoró



Uma parceria entre a Universidade Federal do Semi-Árido (Ufersa) e a Prefeitura de Mossoró resultou na entrega de um poço profundo que irá atender cerca de mil famílias da comunidade de Alagoinha, zona rural de Mossoró.

O poço foi doado pela Universidade Federal do Semi-Árido (Ufersa) e contou com a reestruturação por parte da Secretaria de Recursos Hídricos de Mossoró.

A entrega do poço será feita partir das 16h desta terça-feira (24) pelo prefeito Francisco José Júnior e pelo reitor da Ufersa, José de Arimatea Matos. O trabalho tem o investimento de cerca de R$2,5 milhões de reais.

O poço profundo tem uma vazão aproximada de 38 mil litros de água por hora e abastecerá todo o pólo da Alagoinha, que compreende as comunidades do Coqueiro, Recanto da Esperança, Lajedo, Senegal, Arisco, Bom Destino e Oiticica, beneficiando centenas de famílias.

Até o momento, a fazenda mantém 5 hectares de área irrigada com experimentos envolvendo culturas de milho, feijão, banana, acerola, goiaba, coqueiro e uva. Mas a meta é aumentar essa área para 35 hectares nos próximos meses. Na área também são desenvolvidas pesquisas de hortaliças e de apicultura.

Em entrevista do MOSSORÓ HOJE, Arimatea Matos explicou que o poço será para experimentos dos estudantes e abastecimento dos moradores da comunidade.
O secretário de Recursos Hídricos de Mossoró, Rondinelli Carlos, ressalta que a partir de hoje todo aquele polo de Alagoinha e comunidades vizinhas terão recebendo água de qualidade e potável. Esta é uma medida também referente a crise hídrica que atinge o país.