quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Fique atento ao novo prazo para a formalização das renegociações do Crédito Fundiário


Se você ainda não conseguiu concluir a formalização da renegociação de contratos do Programa de Crédito Fundiário (PNCF), a informação é boa: a data limite para a entrega de documentação ao agente financeiro foi estendida para o dia 30 de junho de 2016.

A nova data é concedida para os contratados ao amparo do Fundo de Terras e da reforma agrária, inclusive as operações do Programa Cédula da Terra contratadas no âmbito do Acordo de Empréstimo 4.147-BR.

Além disso, novos prazos foram aprovados para aqueles que pagaram os 5% de amortização da dívida. É importante procurar o agente financeiro ou o sindicato de seu município para tirar dúvidas e pedir mais informações.

A CONTAG representa mais de seis mil famílias das mais de 20 mil que se encontram nessa situação. “É preciso lembrá-las da importância de reunir todos os documentos com tranquilidade, mas não deixar para a última hora. O prazo é longo, mas deixar para depois pode trazer mais preocupação. Além disso, a CONTAG está buscando soluções para aquelas famílias que ainda não conseguiram, por algum motivo, regularizar suas dívidas”, alerta o secretário de Política Agrária da CONTAG, Zenildo Xavier.

Quem não renegociar suas dívidas ficará impedido de acessar políticas públicas que promovem o desenvolvimento das propriedades e a melhoria da qualidade de vida, como todas as linhas de crédito do PRONAF, Habitação Rural, e Assistência Técnica que dependa de crédito, por exemplo.

A decisão de estender o prazo foi tomada em dezembro de 2015, quando o Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou a Resolução nº 4.450 - que estabelece o novo prazo para a formalização das renegociações de contratos do PNCF e Banco da Terra.


FONTE: Assessoria de Comunicação CONTAG - Lívia Barreto