terça-feira, 24 de maio de 2016

Partidos de esquerda protestam contra Michel Temer em Angicos


Ocupar as ruas de Angicos (RN) para barrar os ataques do Governo Temer aos trabalhadores e a juventude. Pelo SUS 100% gratuito, pela manutenção do Bolsa Família e demais programas sociais e contra a corrupção. Esse foi o objetivo do ato público promovido pelos partidos de esquerda, PSOL, PCdoB, PT e às centrais sindicais, CTB e CUT. O evento que começou na Praça José da Penha, no último sábado (20) às 9h, ganhou o largo do mercado e da biblioteca municipais.

Munidos de cartazes e bandeira, “Fora Temer”, os manifestantes iniciaram o ato descrevendo a proposta de governo do presidente interino, intitulada, “Ponte Para o Futuro”, focada na privatização e restrição de direitos.

Para o Secretário Geral do SINDIPETRO-RN e militante do PCdoB, Pedro Lúcio, fala da ameaça da venda da Petrobras para o capital internacional e a necessidade promover a defesa da empresa nas ruas, devido a sua importância para o desenvolvimento econômico e social do país. “Além de ser uma das maiores empresas do Brasil, a Petrobras tem um impacto fundamental no desenvolvimento da indústria, na geração de emprego e em grande parte dos investimentos sociais que o povo brasileiro precisa”.

Pedro ainda completa, “Não vamos aceitar de maneira passiva essa possibilidade de privatização da Petrobras. Essa é uma luta contra o governo Temer é pelo emprego, contra a perda de direitos e também um ato em prol da preservação da democracia no País”, finaliza.

Para o dirigente do PSOL potiguar e pré-candidato ao Executivo em Angicos, Modesto Neto, é preciso maior participação popular nas ruas contra o retrocesso de direitos e pelo enfrentamento direito ao “ilegítimo” Governo Temer. “Não vamos dar sequer um dia de descanso ou sossego a este governo ilegítimo. Não vamos tolerar um avanço conservador contra os direitos sociais do povo pobre e dos trabalhadores. Nós queremos dizer em claro, alto e bom som: Temer, não durma, a qualquer hora o seu governo vai desmoronar. Fora Temer, novas eleições já”, finalizou.

O dirigente do PT potiguar, José Amorim, falou da necessidade de construir uma unidade do campo progressista e popular para enfrentar os ataques que se desenham no atual governo. O presidente do PCdoB em Angicos, o vereador Júnior de Chicola falou que milhões saíram da pobreza e que o atual governo Temer coloca em risco tudo isso.  

Após as falas, os manifestantes seguirem em caminhada na feira livre da cidade gritando palavras de ordem e conversando com feirantes e pessoas que circulavam na feira.

ANGICOS – Localizada à 98 km de Mossoró, a cidade de Angicos concentra cerca de 11 mil habitantes. Com o projeto de expansão das universidades federais, o município recebeu um campus da Universidade Federal do Semi-Árido (UFERSA) em 2009. O campus mantem cursos de licenciatura e engenharias, o que proporciona mais oportunidade de qualificação para os angicanos e pessoas de cidades vizinhas e outros estados.
fonte do blog de angicos noticias