segunda-feira, 24 de julho de 2017

Uma ferramenta virtual que poderá agilizar o acesso dos trabalhadores(as) rurais aos benefícios previdenciários






FOTO: Portal Notibras


As longas filas, a falta de servidores, o prolongado tempo de atendimento... E lá se vão vários problemas enfrentados todos os dias pelos agricultores e agricultoras familiares que querem acessar seus benefícios nas Agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Pensando em solucionar esse problema antigo foi lançado o INSS Digital.



Mas afinal, o que é o INSS Digital?

É um projeto do INSS que transforma os processos físicos em eletrônicos através de uma plataforma tecnológica. Por meio do INSS Digital, os servidores vão receber, os processos de pedidos de aposentadoria digitalizados eletronicamente, em uma tentativa de agilizar o acesso dos trabalhadores e trabalhadoras aos seus direitos previdenciários.

Para desenvolver com mais eficiência o projeto, o Instituto de Seguro Social também busca parceria com o sistema CONTAG, para que o INSS Digital seja um serviço oferecido pelos Sindicatos de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais, ou seja, todo o processo, que vai desde a digitalização de documentos até a requisição dos benefícios dos segurados(as) poderá ser feito pelo Sindicato.

“A gente reconhece que o INSS Digital é uma ferramenta importante, pois poderá resolver vários problemas que temos na nossa base em relação ao acesso dos trabalhadores(as) rurais aos seus direitos, porém penso que esse serviço pode ser um risco para que nossos Sindicatos se transformem em meros prestadores de serviço, pois os mesmos serão responsáveis para manter a estrutura básica de atendimento para encaminhamentos dos benefícios (internet de qualidade, computadores, máquinas de xerox para digitalização, etc)”, afirma a secretária de Políticas Sociais da CONTAG, Edjane Rodrigues.

Diante dos entraves, a CONTAG negocia com o INSS a assinatura de um Acordo de Cooperação Técnica que permite às FETAGs e Sindicatos a adesão ao INSS DIGITAL e, consequentemente, possibilita ao movimento sindical fazer uma melhor avaliação desse novo sistema.

E para saber mais sobre o Acordo de Cooperação, diversas Federações já estão dialogando com as Gerências do INSS dos seus estados, a exemplo de uma reunião que aconteceu recentemente entre a Direção da Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Estado de Alagoas (Fetag-AL), com a presença de representantes de 78 Sindicatos filiados à FETAGAL, de 25 Sindicatos filiados à FETAR, e de técnicos do INSS.

“Aproveitamos a oportunidade para ponderarmos sobre os entraves e benefícios que virão com a implantação do INSS Digital. A estrutura técnica e profissional são dois desafios emergenciais que precisamos resolver para que o projeto funcione bem nos Sindicatos. Porém, acredito que o INSS Digital triplicará nossa capacidade de atendimento, o que fortalecerá a representatividade do MSTTR diante da sua base, pois evitaremos a figura do atravessador(a)”, afirma o presidente da FETAGAL, Genivaldo Oliveira da Silva.

PREVISÃO
A previsão dada pela direção nacional do INSS é que até dezembro deste ano (2017), seja implantado o INSS DIGITAL em 25 Gerências Executivas, em todo o Brasil.

“Pedimos às Federações que dialoguem com as Gerências Executivas e com os Sindicatos filiados para que aguardem a concretização das negociações que estão sendo feitas nacionalmente. Esse diálogo é necessário para que possamos uniformizar entendimentos e, consequentemente, não deixar nossas lideranças sindicais de base vulneráveis”, enfatiza Edjane Rodrigues.

Mais sobre o INSS DIGITAL
O INSS DIGITAL já é uma realidade através da Central de Serviços na Internet “MEU INSS”, que é um canal de contato pela internet com o cidadão que concentra, em um só espaço online, os serviços oferecidos pelo Instituto. Esse canal já está aberto no site servicos.inss.gov.br

FONTE: Comunicação CONTAG - Barack Fernandes