quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

DNOCS: Lei garante aporte financeiro para obras hídricas; três projetos do RN serão beneficiados


Foto: Reprodução
Investimentos em obras de desenvolvimento regional sob a responsabilidade do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS) estão garantidos de acordo com a Lei nº 13.255/2016, publicada no Diário Oficial da União.
A informação é do Coordenador de Planejamento e Orçamento (CPO), Nilo Barsi, ressaltando que os recursos contemplam ações de construção de barragens, abastecimento d’água e desenvolvimento agrícola.
A informação é propagada por meio da página eletrônica da autarquia regional na internet.
No CE, através do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), o Perímetro de Irrigação Araras Norte teve sua segunda etapa assegurada. Com uma área de 1.619 ha e beneficiando 30 mil pessoas conta hoje com 73% de execução.
Também foi contemplado o Perímetro de Irrigação Baixo Acaraú.
A segunda etapa conta com uma área de 4.168 ha, beneficiando 12 mil pessoas e com execução de 88 por cento.
Em PE, a barragem da Ingazeira, com capacidade para acumular 49 milhões de m³ consta na lista de beneficiadas.
A barragem da Ingazeira vai levar água para consumo humano, irrigação, turismo e piscicultura para as famílias dos municípios de São José do Egito, Tabira, Tuparetama e Ingazeira.
Mais de 36 mil pessoas serão atendidas.
Com 400 km de extensão, a segunda etapa da adutora do Pajeú vai levar água de qualidade para moradores de municípios pernambucanos (Betânia, Brejinho, Carnaubeira da Penha, Iguaraci, Ingazeira, Itapetim, Quixaba, Santa Cruz da Baixa Verde, Santa Terezinha, São José do Egito, Solidão, Tabira, Triunfo, Tuparetama e distrito de Tupanaci, em Mirandiba).
Serão beneficiadas 112 mil pessoas.
Também estão na lista a Barragem Oiticica, o Perímetro de Irrigação Santa Cruz do Apodi e o Sistema Adutor de Currais Novos, no estado do RN; e, o Perímetro de Irrigação Tabuleiros Litorâneos, no estado do PI.
fonte do blog de pauta aberta