terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

PSOL em Angicos fará mobilização para cobrar reabertura da Escola de Inclusão Digital da Câmara Municipal de Vereadores




Membro da direção municipal do PSOL na cidade de Angicos, o escritor Modesto Batista Neto confirma que no dia 27 deste mês, um sábado, haverá a realização de um encontro dos integrantes do diretório da legenda.


Um dos assuntos pautados para tal ocasião, declarou o dirigente, é a discussão sobre a retomada da luta em prol da revitalização da Escola de Inclusão Digital localizada nas dependências do Poder Legislativo angicano.


O dirigente do PSOL responsabiliza a atual presidente da câmara, vereadora Nataly da Cunha Felipe de Souza (PTB), pela paralisação de tal órgão.


Em gestões anteriores, como, por exemplo, do antecessor da atual presidente Nataly Felipe, o Vereador Francisco Batista Filho ("Junior de Chicola) do PSD que esteve a frente da presidência da Câmara Municipal de Angicos nos anos de 2013 e 2014 adquiriu novos computadores, reequipando e modernizando a Escola de Inclusão Digital onde formou diversas turmas em iniciação em computação.


O projeto de inclusão digital foi criado pela própria Fecam (Federação das Câmaras Municipais do Rio Grande do Norte) com o objetivo de dar oportunidade as famílias de baixa renda nas cidades potiguares de darem aos seus filhos uma iniciação básica no mundo da informática. Desde do ano passado (2015) quando a Vereadora Nataly Felipe (PTB) assumiu a presidência do poder legislativo angicano que o programa de inclusão digital se encontra inativo.


Modesto Neto adiantou que o partido mobilizará a sociedade do município em defesa de tal proposta e, em seguida, discutirá o tema com a representação do Ministério Público da comarca local.
fonte do blog de angicos news