segunda-feira, 25 de julho de 2016

Reuniões de Coletivos e Conselho Deliberativo marcam agenda de debates da CONTAG












Segue nesta terça-feira (26 de julho), os Coletivos de Política Agrícola e Meio Ambiente; Formação e Organização Sindical; Juventude Rural; e Mulheres da CONTAG. A programação do MSTTR da semana ainda continua a partir de quarta até sexta-feira (27 e 29 de julho), com o Conselho Deliberativo da Confederação.




Conselho Deliberativo

Presente na abertura oficial dos Coletivos, o presidente da CONTAG, Alberto Ercílio Broch, após saudar todas e todos que vieram contribuir com a reunião dos Coletivos, aproveitou para destacar alguns pontos que serão debatidos no Conselho Deliberativo, entre eles, o enquadramento sindical, tema que vem no documento base do 12º CNTTR.

“Esse Conselho é importante, pois iremos trabalhar o regimento interno do nosso 12º Congresso da CONTAG, onde serão deliberados os grandes temas nacionais. Abriremos uma ampla reflexão e debate contra qualquer forma de retrocesso nos nossos direitos. Fora a questão da eleição, o documento base nos dará insumo que nos orientarão para debater nossas grandes diretrizes políticas, entre elas, o momento que a CONTAG passa a representar só a Agricultura Familiar, onde vamos apresentar que tipo de agricultura que queremos, visto que somos várias realidades. Esse debate do enquadramento sindical é um debate muito sério. Se aprovarmos, vamos caminhar para colocar na lei”, destacou o presidente da CONTAG.

O presidente ainda aproveitou para apresentar outros temas que devem ser debatidos pelo Conselho da CONTAG, como: desfecho sobre as questões do impeachment; ameaças de reforma, a exemplo da Previdência; avaliação das Mobilizações do dia 16 de julho; entre outras questões de interesse dos trabalhadores e trabalhadoras rurais.

Após a fala da diretoria, os debates e reflexões seguiram nos Coletivos

Coletivo de Política Agrícola e Meio Ambiente


Feito de forma conjunta, o Coletivo de Política Agrícola e Meio Ambiente, faz uma avaliação do Projeto Territórios (CR 332.075-15/2010/MDA/CEF); debate sobre Energia Renovável; Sistemas Integrados de Produção; Programa Minha Casa, Minha Vida Rural III; e a relação da CONTAG com a EMBRAPA.

A partir do debate dos temas propostos, o Coletivo deve sair com estratégias e planejamento de ações a serem executadas pelo MSTTR.

Coletivo de Formação e Organização Sindical






O Coletivo de Formação e Organização Sindical abre espaço para um amplo diálogo, com caminhos que percorrem pela socialização e avaliação do 1ª Módulo do Curso Nacional e do Intermódulo; Socialização da Matriz do 2º Módulo e do Seminário Internacional de Educação Popular; Balanço sobre a Reorganização Sindical do MSTTR, com balanço político do processo de dissociação sindical no Sistema CONTAG e fundamentos da reorganização sindical do MSTTR aprovados na resolução do Conselho Deliberativo ampliado da CONTAG, em março de 2014.

Ainda marcam o debate no processo de formação, a socialização e avaliação dos processos formativos nos estados; balancete do Fundo Solidário dos processos de Sistematização em Curso; e socialização das ações em celebração aos 10 anos da ENFOC.

Coletivo de Juventude Rural


Para Comissão Nacional de Juventude da CONTAG os dias são para debater sobre os Encontros Regionais em Tecnologias para Juventude Rural, projeto CONTAG/SENAR; 3ª Plenária Nacional da Juventude Rural; Exposição sobre o Programa Jovem Saber no estado de Minas Gerais; Informe sobre o Livro Histórico da Juventude na CONTAG “ Caminhada da Juventude Rural na CONTAG”.

Assim como nos outros Coletivos, todas as discussões feitas resultarão em proposições para o MSTTR.

Coletivo de Mulheres

A Comissão Nacional de Mulheres da CONTAG se reúne nesta terça-feira (26 de julho), para debater sobre várias questões que saíram das Plenárias de proposições para o 12º Congresso da CONTAG.
FONTE: Assessoria de Comunicação CONTAG - Barack Fernandes