segunda-feira, 1 de agosto de 2016

EMPARN anuncia novo projeto para forragem



ASSECOM/EMPARN



Além do programa da palma forrageira adensada e irrigada, já em execução com a distribuição de raquetes tolerantes à cochonilha do carmim, o presidente da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN), Alexandre de Medeiros Wandeley, anunciou o lançamento de um novo programa para produção de forragem. O anúncio foi feito na última terça-feira (26), na Estação Experimental Terras Secas, em Pedro Avelino, durante a solenidade de entrega de títulos e distribuição de kits do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA).
O novo projeto, com a tecnologia de produção de feno, vai reforçar a necessidade de produção de forragem, “para o pequeno agricultor atravessar os períodos de estiagem e continuar produzindo proteínas nobres como o leite e a carne”, disse Alexandre Wanderley. O engenheiro agrônomo acrescentou ainda que “o Rio Grande do Norte pode produzir, com pouca água, a ração animal com a mesma qualidade de qualquer lugar do Brasil”.
Durante a solenidade, o Governador Robinson Faria entregou títulos de propriedade de terra a 400 famílias residentes nos municípios de João Câmara e Jardim de Angicos. A meta é entregar até o fim de 2016 mais 500 títulos. O título de propriedade de terra garante segurança jurídica e acesso, por exemplo, a financiamentos para aquisições de insumos agrícolas ou equipamentos para aumentar a produção.
Também foram distribuídos a associações e cooperativas 31 kits do Programa Compra Direta do Programa de Apoio e Modernização das Centrais de Comercialização do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA-Compra Direta), que irão beneficiar agricultores familiares de 21 municípios. Cada kit é composto por duas balanças de 30 kg e 300 kg, um computador com impressora, freezer, pallets e um carro tipo Saveiro. Também esteve presente no evento o Secretário Especial da Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário, José Ricardo Roseno.
fonte do blog nossa terra